Assine nosso blog

Preencha o campo ao lado e receba novidades no seu email.

Experiências Blog Últimas Tendências Série Casa Segura: como adaptar a sala para a terceira idade

Série Casa Segura: como adaptar a sala para a terceira idade

2 de Junho de 2017

A terceira idade é uma fase da vida cheia de transições e desafios. Muitos idosos trabalham e têm uma vida social ativa, ao mesmo tempo em que veem o corpo passar por modificações. A perda óssea e muscular, junto com a redução das capacidades visuais e auditivas, aumentam o risco de quedas e atrapalham as atividades cotidianas.

A Saint-Gobain, em parceria com a Senior Social, um Clube de Vantagens que oferece consultoria especializada em terceira idade, elaborou uma série de posts para deixar a sua casa mais segura.

Na primeira parte, confira dicas da gerontóloga Natália Nicola, do Hospital das Clínicas (USP) para a entrada da casa e a sala de estar.

Desníveis na entrada

Desníveis na entrada da casa e dentro dela devem ser evitados. Um desnível de até 5mm dispensa tratamento especial. Já um de 5mm a 20mm deve ter uma inclinação, para evitar tropeços. Um desnível acima de 20mm é considerado degrau.

O piso ideal

O piso da casa deve ser idealmente, feito de material antiderrapante, que ofereça uma superfície regular, firme e estável. Evite revestimentos com estampas que possam provocar confusão visual.
 

Caso não seja possível trocar o piso, você pode usar tapetes emborrachados ou com fixação ou mesmo, utilizar calçados antiderrapantes. Evite tapetes convencionais, principalmente os altos ou escorregadios.

Cuidados com os móveis

Devem ser fixados no chão ou parede, ou precisam ser pesados o suficiente para não tombarem com facilidade. O ideal é que tenham cantos arredondados e que os puxadores de gavetas e armários tenham formato de alça. É preciso também, deixar espaço livre para circulação entre as peças.

E as escadas?

Elas devem ter largura mínima de 1,20m e dimensões constantes. Escadas que fazem curvas não são ideais para pessoas com mobilidade reduzida. Os degraus devem ter boa visibilidade e, idealmente, devem ser aplicadas faixas antiderrapantes

A escada deve ter corrimões dos dois lados. De preferência aquele modelo com duas alturas diferentes. Veja mais informações na norma 9050 da ABNT.

Portas e maçanetas

Devem ter vão livre de pelo menos 0,80 cm de largura. Essa dimensão permite a passagem de uma cadeira de rodas e de um idoso com andador, por exemplo. O ideal é que as portas sejam de cores contrastantes com as das paredes. Veja a norma 9050 da ABNT para mais detalhes.

Já as maçanetas, devem ser no formato de alça, com fácil acionamento, e ser instaladas em uma altura entre 0,90 cm e 1,10 m. 

É bom lembrar que essas regrinhas servem para qualquer pessoa com mobilidade reduzida, como idosos, cadeirantes ou mulheres grávidas. São cuidados necessários na hora de construir ou reformar que, no final, deixam a casa mais segura para todos. Afinal, ninguém está livre de sofrer um acidente. Mas, com as precauções certas, esse risco diminui bastante!

 

 

Matéria realizada em parceria com a Senior Social

Sua vida merece muito mais beleza, conforto e bem-estar.
Assine gratuitamente o Últimas Tendências.

Encontre um Profissional

Encontre um profissional para
sua reforma ou construção

Pesquisar

 

Confira como instalar as Telhas Shingle da Brasilit

Ver o vídeo no YouTube
Confira como instalar as Telhas Shingle da Brasilit

Sua vida merece muito mais beleza e conforto

Assine gratuitamente o Blog Últimas Tendências e fique por dentro de todas as novidades do universo da construção e decoração.